Quanto tempo você tem? Aproveite o hoje!

Quanto tempo você tem? Você sabe?

Certeza que você já ouviu alguém repetir essa frase (mais de uma vez), não é mesmo?
E, de fato, isso é verdadeiro, afinal, (ainda) somos seres “mortais” (pelo menos no plano físico) e, naturalmente, vamos morrendo à cada dia.

Aproveite o hoje porque “se tem uma coisa que temos certeza… essa coisa é a morte”

Parece um papo macabro mas, o que quero com essa reflexão, está longe de ser algo ruim. Ao final do texto, você entenderá o por quê. Você sabe quanto tempo você tem?

Antes de esplanar minha reflexão, gostaria que você refletisse à respeito de um questionamento que menciono logo abaixo…

O que você prefere…

[a] Não ter um “prazo de validade” ou [b] Saber quanto tempo (exatamente dia e hora) você tem de vida aqui na Terra?
Não precisa responder agora, talvez até o final do texto você consiga fazer essa definição.
Quando uma pessoa está doente e, recebe a infeliz notícia de que tem “x” dias/meses/anos de vida… o que ela ( normalmente) faz?

Se você já assistiu em filmes ou presenciou na vida real…

…pessoas em “estado terminal” geralmente vão ” viver a vida” e fazer tudo aquilo que elas não fizeram (mas queriam) a vida toda.

 

Estou falando alguma bobagem?

Pois bem,outra pergunta, a vida de quem é “pior”, a da pessoa que sabe o dia em que irá deixar essa vida ou a da pessoa que não tem uma data definida (mas que deixará essa vida inevitavelmente)?

 

Eu responderia, depende!

Mas, como assim? Claramente a vida da pessoa com “validade” definida é bem pior, está louca?
Então, depende…

 

Se você vive a vida da maioria da população terrestre, além de não saber quanto tempo você tem…

…você com toda certeza não está fazendo o que gostaria de fazer, não está trabalhando com algo que tenha paixão, não viaja o quanto gostaria, não curte as pessoas que ama na intensidade que deseja, não VIVE COM INTENS[Ç]ÃO. E, não o faz mas, declara para si…

“quando eu me aposentar, daqui uns anos, mais para frente… vou largar isso tudo aqui e vou viver minha vida…Me sacrifico hoje mas, para “lá na frente” poder usufruir e ser feliz”

 

Então, se você vive essa vida, vou te responder que, A VIDA DA PESSOA COM DATA DE VALIDADE DEFINIDA é a melhor.

Porque, não sabemos quando é esse “até lá”, não sabemos se você chegará à tempo de “se aposentar”, não sabemos se você chega até o “mais pra frente”.

 

Já parou para pensar?

Já parou para pensar que, seu prazo de validade pode ser de 1 dia, 1 ano… ou até mesmo, 1 hora? Não sabemos!
E, viver com essa incerteza, pode ser a pior coisa ( de novo, se você se enquadrar na vida da maioria). Porque, assim como tudo na vida.
Se não nos dão um prazo para realizar determinada tarefa, postergamos e deixamos essa tarefa sem validade por último.

 

Você vive seu sonho

Se você é umas das pessoas que vive a vida da maneira como gostaria, se você realiza os seus sonhos diariamente (acessem esse link e leiam a frase), se você não espera o amanhã… Aí sim eu te respondo…. quem bom se não soubermos o nosso prazo de validade ( por mais que ele exista).

 

O que quero com toda essa reflexão é te pedir que viva a sua vida como se soubesse que seu prazo acaba hoje…Afinal, você não sabe quanto tempo você tem 😉

Não quero que isso te assombre, quero que isso te sirva de combustível para tocar sua vida, para que você seja, de fato, feliz fazendo seja lá o que você quiser!

Viva!

Quero que você experimente coisas novas, que brinque, se divirta, que viaje, que ame quantas vezes quiser e na intensidade que quiser, que corte seu cabelo curtinho, que faça tatuagens, que fique acordado a noite toda, rindo, com as pessoas que você quiser estar…
Quero que você faça o que você quiser…. a vida é sua, é única e é incerta!

Vamos viver!

 

1 Comment

  1. Paty junho 25, 2018 at 11:40 pm

    Quero fazer tatuagem kkkk
    Brincadeira… quero sim, mas quero coisas muito maiores, mais prazeirosas, mais eu, mais livre.
    Obrigada pela reflexão!
    😘

    Reply

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *