Você sabe o que é Xilitol (Xylitol)? Conheça seus benefícios.

Descoberto no final do século XIX, por cientistas alemães, o xilitol (xylitol) não teve muita visibilidade na época.


Porém, na Segunda Guerra Mundial, houve escassez de açúcar e, cientistas finlandeses voltaram com as pesquisas.
À princípio, a substância era extraída das fibras da bétula (uma árvore) e, por isso, à época era conhecido como “ açúcar da bétula”.
Além de extraído da bétula, com o passar dos tempos passou a ser extraído das fibras de vegetais, milho, framboesa, ameixa e alguns cogumelos.

Composição do Xilitol

Os açucares, da maneira como o definimos, possuem 6 carbonos em sua cadeia. Já o xylitol possui 5 carbonos em sua cadeia e, acreditem, essa diferença de 1 carbono faz toda a diferença! Essa composição orgânica possui carbono, hidrogênio e oxigênio, sua fórmula molecular é
C5H12O5 e sua massa molar é de 152g/mol, seu nome oficial é 1,2,3,4,5 – penta – hidróxipentano.

Características físico-químicas do xilitol

  • Sólido

  • Branco

  • Sem cheiro

  • Carameliza à temperatura menor que 120ºC 

  • Absorve a umidade do ar

  • Ponto de fusão de 96ºC e ebulição 216ºC

Benefícios

  • Possui 40% menos calorias em relação ao açúcar
  • Atua como conservador de produtos alimentícios

  • Possui efeito refrescante

  • Aprovado em mais de 40 países

  • Ação anticariogênica, diminuindo a possibilidade de cárie dentária

  • Indicado para quem possui diabetes

  • Usado em tratamento de Osteoporose

  • Prevenção de Otite

  • Tratamento de lesão no Rim

  • Prevenção de infecçoes pulmonares

Produtos industrializados que contém Xilitol

  • Perfume

  • Pasta de dente

  • Goma de mascar

  • Suco

  • Refrigerante

Contra indicação

  • Consumir muito por dia (mais de 50g em uma sessão) pode causar indigestão e efeito laxativo. Isso depende do seu organismo, pré disposição à problemas de estomago e sensibilidade.

O ideal é consumir o extraído da madeira e não o extraído do milho. Portanto, procure marcas confiáves e que enfatizem esse ponto.

Xilitol e diabetes

Diabetes, resumidamente, trata-se da deficiência no metabolismo de glicídeos e, por isso, e muito importante o controle da taxa de glicose no sangue. Para evitar problemas como hiperglicemia, distúrbio no metabolismo de lipídeos e, ainda, sintomas como fome e sede exagerados.

Ao contrário dos açúcares convencionais, o xylitol independe da insulina para ser metabolizado pelo organismo. Sendo, por isso, bem tolerado pelas pessoas portadoras de diabetes.

E, aí? O que achou ? Caso queria testar, segue link de uma receita de cheesecake low carb, feito com xilitol 😉

FONTE DE PESQUISA:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Xilitol 

http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/quimica/xilitol.htm 

http://www.scielo.br/pdf/rbcf/v38n4/v38n4a03.pdf

Kick Your Sugar Habit With These Bulletproof Alternative Sweeteners

Xylitol – O Adoçante Natural da Vez

4 Comments

  1. Rui Shimizu março 7, 2018 at 5:34 am

    Pergunta: é um substituto do açúcar, do orgânico e do adoçante?

    Reply
    1. Mariana março 14, 2018 at 10:50 am

      Substituto de todos os adoçantes artificiais, Rui. Obrigada!

      Reply
  2. Stella agosto 27, 2019 at 12:15 pm

    I loved reading this- it made me realize that I am not alone in the world, and that there are a whole crowd that dwell in a ‘details’ driven reality.

    Reply
  3. Alexandre abril 20, 2020 at 1:52 pm

    Gente, vocês falaram que o Xilitol caramiza a 120°, li em diversos sites e testei em casa e não consigo caramelizar o xilitol. É mesmo possível?

    Reply

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *